Primeiras peças de teatro em Espanha (2018)

O ano começa com uma grande oferta cultural na cidade de Alcoi. O Teatro Calderon apresentou o seu programa para os primeiros quatro meses de 2018, e onde destaca uma proposta inovadora de teatro íntimo para um público pequeno e muito próximo, uma vez que o trabalho é visto do mesmo palco. Mas estamos a avançar lentamente e vamos delinear o programa para os próximos meses.

Começamos este mesmo dia 3 de Janeiro com uma visita dos Amigos de Tirisiti, concretamente, “La gallina de los huevos de Oro”. Luis Piedrahita será o próximo a subir ao palco do Teatro Calderón, em 19 de Janeiro, com o seu monólogo “Las amígdalas de mis amígdalas son mis amígdalas”.

Diferentes géneros e estilos de teatro

Para terminar o mês, um dos projectos inovadores que o Calderón traz para a Alcoi e que discutimos no início: o teatro de pequeno formato. Uma peça a ser apreciada na intimidade, com apenas 20 espectadores que serão colocados em palco com o artista. A peça é “My great work”, de David Espinosa, e terá lugar no dia 27 de Janeiro, em duas actuações únicas.

E do teatro íntimo a um grande espectáculo, pois Fevereiro começa com um dos eventos mais aguardados deste primeiro trimestre de 2018: a Rapsódia Sinfónica da Rainha. Terá lugar no dia 4 de Fevereiro às 19 horas. Fevereiro vai continuar com a música, graças à Banda de Jazz de Santo Andreu, no dia 16.

Intérpretes de muita qualidade

Março traz-nos de novo uma bomba artística no palco do Teatro Calderón: a actuação de Sílvia Pérez Cruz, “talvez a voz mais aclamada e reconhecida, como vocalista de todos os estilos e géneros, e também como vencedora de um Goya pela sua contribuição para o cinema”. Ela virá até nós com um quinteto de cordas excepcional que sublinha, ainda mais, o alto nível deste concerto que irá encher os melhores teatros das grandes cidades espanholas e de metade do mundo”. Será no dia 4 de Março, às 21 horas. E a voz feminina continuará a desempenhar um papel de liderança em Março com o concerto de Neus Ferri, que apresentará o seu último disco “Aquí me tienes”, no dia 23 de Março.

Em Abril voltaremos ao teatro com o segundo espectáculo de Teatro Escolar, que teve tanto sucesso no ano passado, e que encerrará o Calderón com a peça “Caperucita, lo que nunca se contó”. No final do mês, no dia 29, poderemos apreciar um concerto duplo com Mireia Vives e Borja Penalba; e Maria Arnal com Marcel Bagés.

Estes são os espectáculos de destaque, mas o Teatro Calderón acolherá também muitas actuações de entidades sociais e culturais locais de Janeiro a Abril, “com muita música de banda, dança local e profissional, letras e actos ou teatro festivo”.